A ABPF

A Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - ABPF reúne interessados na preservação e divulgação da história da ferrovia brasileira. Foi fundada em 1977 pelo francês Patrick Henri Ferdinand Dollinger, um apaixonado por locomotivas a vapor e por ferrovias.

* Histórico completo da ABPF
* O que fazemos?

A Associação Brasileira de Preservação Ferroviária é uma entidade civil sem fins lucrativos de cunho histórico, cultural e educativo, que é reconhecida como OSCIP - Organização Social de Interesse Público (publicado no D.O.U. de 24 de dezembro de 2004). Nossa missão é promover o resgate e a conservação do patrimônio histórico ferroviário brasileiro, disponibilizando os bens à visitação pública, desde que a conservação do bem não seja colocada em risco.

Vanderlei Antônio Zago
 - Locomotiva nº 604 fabricada em 1895 para a antiga Companhia Paulista de estradas de Ferro antes e após a restauração realizada pela ABPF: atualmente ela trabalha tracionando o trem de meio percurso entre as estações de Jaguariúna e Tanquinho.

Acervo ABPF
- Carro correio-bagagem originário da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil antes e depois do trabalho de restauração realizado pela ABPF. Apesar de não ser um carro "útil" para as composições de transporte dos turistas, a ABPF o restaurou assim como diversos outros carros especiais, vagões de carga e locomotivas de pequeno porte por serem de grande valor histórico.

Felipe Sanches
 - Antes e depois da locomotiva 2-10-2 (Santa Fe) nº 201-4M da Estrada de Ferro Dona Teresa Cristina (ex 401; original nº 1347 E.F. Belgrano), reformada e cedida pela ABPF para o projeto turístico Trem da Vale em Ouro Preto-Mariana.

Vanderlei Zago
 - Antes e depois do antigo carro restaurante R-1 da C.M.E.F. - Companhia Mogiana de Estradas de Ferro. Os detalhes foram reconstituídos através de fotografias, pedaços e vestígios ainda existentes no carro mostrando um grande trabalho de restauração, comprometido em recuperar a originalidade de uma peça histórica.

Essa é uma pequena amostra do trabalho realizado. Ao longo de 35 anos de atividade, a ABPF já restaurou dezenas de locomotivas, carros, vagões e outros tipos de material rodante além de estações, ferramentas utilizadas nas antigas estradas de ferro e trechos de via-férrea abandonados, sendo poucos os que ainda aguardam esse processo. Os trabalhos de restauração estão em plena atividade, conciliados com a manutenção do material já restaurado.

O restauro é realizado de forma fidedigna, seguindo os preceitos e critérios para tal atividade. Das dezenas de carros e vagões que já foram recuperados, muitos exigiram uma reconstrução praticamente total devido ao avançado estado de degradação. Este trabalho demandou pesquisa, levantamento de fotografias e plantas originais dos veículos em questão, resultando em um trabalho que garante a preservação dos bens.

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget